Noticias da Hora

OMS diz que hepatite misteriosa em crianças causou 6 mortes no mundo


A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que o número de mortes pela hepatite aguda de origem desconhecida em crianças subiu de um para seis, de acordo com dados atualizados no último dia 15 e compartilhados nesta terça-feira, 17. Os casos também aumentaram de 348, na semana passada, para 429. De acordo com a entidade, 22 países registraram a doença misteriosa e há 40 casos em investigação.

Segundo Philippa Easterbrook, médica do programa global de HIV e hepatites da OMS, 26 crianças precisaram de transplante de fígado. Em levantamento do dia 25 de abril, a entidade tinha detectado 17 episódios que precisaram fazer o procedimento. Ela informou que 75% das crianças que manifestaram a doença têm menos de 5 anos e que a maioria dos casos está concentrada em países europeus. Dos 12 países que tiveram mais de cinco notificações, nove estão no continente.


A suspeita permanece de que os casos têm relação com o subtipo 41 do adenovírus, que causa gastroenterite (inflamação gastrointestinal), mas as investigações sobre a ligação desta infecção com a Covid-19 foram intensificadas.


“Estamos observando como essas infecções podem trabalhar juntas como um cofator para realçar a suscetibilidade ou criar uma resposta anormal. Talvez, essa resposta tenha persistido e estacionado nos intestinos e uma infecção por adenovírus resultou na ativação do sistema imunológico, causando a inflamação.”

Nenhum comentário