Noticias da Hora

Ex-sem-teto, Givaldo cobrou R$ 500 para participar de sequestro

Givaldo Alves, o sem-teto que ficou famoso após ser espancado por personal trainer no Distrito Federal, participou do sequestro de uma mulher de 33 anos em 2004, na zona leste de São Paulo.

Ele foi preso em flagrante por volta das 18h30 de 1°/7/2004 ao pegar o resgate de R$ 3 mil em uma lixeira na Praça do Forró, em São Miguel Paulista.
Horas depois, o ex-morador de rua confessou o crime e levou os policias até o cativeiro em Itaquaquecetuba. A vítima já havia sido liberada quando os agentes chegaram ao local. Alves disse que já tinha ido ao local uma vez e alegou que não teria visto a mulher sequestrada.

Nenhum comentário