Lutador de MMA sofre fratura impressionante durante combate; imagem é forte

Atleta mexicano de 22 anos rompeu a tíbia e perônio de sua perna direita após dar um chute baixo no rival

O lutador de MMA Irving Amaya sofreu uma fratura impactante durante o combate contra José Calvo durante o Lux Fight League, em torneio disputado na Cidade do México (México). O atleta mexicano de 22 anos rompeu a tíbia e perônio de sua perna direita após dar um chute baixo no rival. Logo após executar o golpe e voltar a posição, ele percebeu que não conseguia manter o equilíbrio e caiu no octógono.


(Foto: Reprodução)

A imagem era tão difícil de ver que até o oponente se virou e se afastou quando viu a perna de Amaya pendurada.


A competição aconteceu no dia 17 de fevereiro, no Ginásio Juan De La Barrera, mas as imagens correram o mundo nesta segunda-feira. Irving Amaya foi submetido a uma cirurgia no dia 21, quatro dias após a grave lesão. O procedimento durou cerca de três horas, segundo o site mexicano "El RockTagono".



De acordo o médico que operou o lutador, o atleta pode voltar a andar em um mês e praticar alguns exercícios sem impacto em dois meses. A previsão é que em seis meses ele possa voltar a competir.



"Me sinto positivo, me sinto bem e sei que vou me recuperar. Nunca senti que poderia deixar de lutar. Sou tenho uma mente forte e sei que vou me recuperar e que vou voltar a lutar. Não deixarei minhas metas e nem vou abandonar os sonhos que tenho e onde quero chegar. Não vou me render", disse o atleta em um vídeo.



O caso é bem semelhante ao que aconteceu com ao ex-campeão do UFC Anderson Silva, quando ele quebrou a fíbula e a tíbia da perna esquerda ao chutar a canela do norte-americano Chris Weidman. Isso aconteceu no UFC 168, em dezembro de 2013. O lutador só voltou a competir mais de um ano depois da lesão.

Agência O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top Baladas