Noticias da Hora

Laudo do IML aponta que homem morreu por asfixia em viatura da PRF


O laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe aponta que Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda após abordagem violenta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na quarta-feira (25/5). O homem não resistiu depois de ser preso por dois policiais dentro de uma espécie de “câmara de gás” montada no porta-malas da viatura da PRF.

Pessoas que passavam pelo local no momento da abordagem registraram a ação.

Nenhum comentário