Noticias da Hora

Empresario Russo oferece um milhão de dólares pela detenção de Putin



Um empresário russo residente dos EUA, Alex Konanykhin, ofereceu uma recompensa de um milhão de dólares pela detenção do presidente russo, como "criminoso de guerra", enquanto decorre a invasão da Ucrânia.

Prometo pagar um milhão de dólares a qualquer agente da polícia que, cumprindo o seu dever constitucional, detenha Vladimir Putin como criminoso de guerra, segundo o direito russo e internacional", escreveu o empresário na sua conta na rede social Facebook há uns dias.
O texto estava acompanhado de uma foto ao estilo do 'Oeste Selvagem', com a frase 'Procura-se vivo ou morto".

A publicação foi eliminada pela rede social, como informou o próprio Konanykhin, ex-banqueiro e antigo membro do círculo político do ex-presidente Boris Yeltsin, em mensagem mais recente, onde volita a repeti o texto, mas sem aquela ilustração.

Nenhum comentário