Noticias da Hora

Moderna diz que vacina é menos eficaz contra Ômicron

As vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas até agora podem ter dificuldades para combater a variante Ômicron e levará meses para desenvolver um novo imunizante eficaz contra esta cepa, afirmou o CEO do laboratório americano Moderna ao jornal Financial Times.

Stephane Bancel declarou ao jornal, em uma entrevista publicada nesta terça-feira, que os dados sobre a eficácia das vacinais contra a nova cepa estarão disponíveis nas próximas duas semanas, mas que os cientistas não estão otimistas.

"Todos os cientistas com quem conversei... sentem que 'isto não vai ser bom'", disse ao jornal.

A advertência de Bancel coincidiu com uma reunião de emergência dos ministros da Saúde do G7 sobre a nova variante, que está se propagando pelo mundo e que levou diversos países a fechar suas fronteiras e a retomar as limitações às viagens.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a ômicron representa um risco "muito elevado".

Nenhum comentário